Ações conjugadas de formação continuada de professoras e professores do ensino superior: educação não-presencial em tempos de pandemia

Com a pandemia da Covid-19 as universidades brasileiras estão diante do desafio de educar de forma não-presencial em meio a uma das maiores tragédias que nosso país já enfrentou. De forma coletiva e na perspectiva da formação continuada de docentes um grupo de professores e professoras de diversas áreas de atuação e de diversas universidades se uniram para pensar em ações conjugadas que serão realizadas ao longo de todo o semestre. A ideia é contribuir com a reflexão sobre nossa prática docente neste período. A intenção não é “capacitar” ou “treinar” comunidades
docentes altamente qualificadas, mas pensarmos juntos sobre o que é e como enfrentar esse desafio, traçando caminhos que não agravem ainda mais a desigualdade educacional e comprometam a qualidade da educação que oferecemos.

Realização: COMFOR – UFABC

Conferências (17h-19h) – Outubro
• 07.10 – O cuidado de Adélia e o afeto de Paulo: conversa sobre educação e afetividade – Profº Wesley Dourado
• 13.10 – Que tecnologia é essa que destinamos à educação? – Profª Suze Piza (UFABC)
• 14.10 – Letramento Digital: a experiência na graduação – Izabela Loner Santana (Mestranda em Filosofia na UFABC); Marcella dos Santos Abreu (Técnica em Assuntos Educacionais, Divisão de Jornalismo – Assessoria de Comunicação e Imprensa UFABC); Profª Maria Luiza Levi (UFABC); Profª Roberta Peres (UFABC) e Profº Wilson Mesquita de Almeida (UFABC).
• 20.10 – Compartilhando experiências – Vários professores/as
• 21.10 – Compartilhando experiências – Vários professores/as

Conferência (17h-19h) – Novembro

• 10.11 – Educação pós-pandemia: desafios – Profª Regimeire Maciel e Profº Fernando Cassio (UFABC)

Inscrições: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfALi-4MpHuRqW320AxJ55gFNUkr6KlUVR4AasuiB4wy4L1xg/viewform

Fonte e mais informações: https://prograd.ufabc.edu.br/comfor

* Os textos, vídeos e áudios publicados são de inteira responsabilidade dos autores e não refletem, necessariamente, a opinião da Cesu. *