Apresentação

Com o advento das tecnologias de informação e comunicação as relações tornaram-se mais ágeis superando os limites da distância física e do tempo. A conexão entre as pessoas, entre empresas, inclusive de diferentes segmentos, assim como entre instituições, pode ser realizada praticamente a qualquer tempo e local conectando profissionais de diferentes formações para a prestação de serviços à comunidade. Pode-se dizer que o mundo caminha para uma conexão integral! Essas características da contemporaneidade, implicam em novos comportamentos e competências que podem ser desenvolvidos nos indivíduos desde os primeiros anos escolares até os anos finais. E não para por aí. Os avanços da tecnologia impelem a atualização profissional constante, caso contrário, corre-se o risco de tornar-se um profissional obsoleto, ultrapassado, desatualizado. Aprender a aprender, a conhecer, a ser, a fazer e a viver são os quatro pilares da educação para o século XXI e devem despertar competências cognitivas, inter e intrapessoais que se relacionam entre si. O mercado de trabalho investe tempo e recursos financeiros para atualização de seus funcionários, mas também requer profissionais motivados e que tenham autonomia para buscar crescimento profissional, pessoal para que tenham condições de impactar na inovação e imagem da empresa. Se o mudo caminha para a conectividade integral, a escola não pode ficar de fora, uma vez que tem como deveres, o desenvolvimento intelectual, emocional, social e ético de seres humanos. A Escola sem conexão com a empresa é o mesmo que um corpo sem cabeça!  A conexão entre mercado de trabalho e escola nunca foi tão premente como nos dias atuais e vai de encontro com a missão do Centro Paula Souza: “Promover a educação pública profissional e tecnológica dentro de referenciais de excelência, visando o desenvolvimento tecnológico, econômico e social do estado de São Paulo”.  

O evento tem como objetivo promover a reflexão sobre o assunto com docentes, gestores educacionais e de empresas no que diz respeitos às necessidades do mercado de trabalho, da infraestrutura escolar física e de rede, das metodologias de ensino e aprendizagem, por meio de debates, trocas de experiências e oficinas “mãos na massa”.

Clique aqui e acesse o hotsite do evento com todas as informações
e para realizar sua inscrição e submissão!