Curso Superior Tecnológico em Desenvolvimento de Software Multiplataforma

O curso, desenvolvido em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo, será oferecido nas Fatecs Araras, Franca, Osasco, São José dos Campos e Zona Leste no 1º semestre de 2021.

JUSTIFICATIVA DO CURSO 

O setor de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) é um dos setores que mais gera vagas de emprego no país. Segundo dados da Associação Brasileira de Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), o mercado nacional emprega 1,56 milhão de trabalhadores atualmente, com mais de 40 mil postos de trabalho criados em 2019. Desse montante, 42,8% está em São Paulo. A previsão é de que o setor demande, até 2024, 70 mil profissionais por ano, cerca de 20 mil a mais do que se formam em cursos da área de TIC.  A subárea Softwares e Serviços TIC, uma das principais em que o egresso poderá atuar, possui 656.711 postos de trabalho, com um aumento de quase 30 mil vagas em 2019, ainda segundo estudo da Brasscom1.   

Destaca-se ainda o grande crescimento no número de startups no Brasil, empresas que geralmente absorvem grande número de desenvolvedores, por terem seus modelos de negócio centrados em TI. Em 2019, o Brasil já tinha 12.700 empresas neste modelo, 27% a mais que em 2018, segundo a Associação Brasileira de Startups (Abstartups)2.   

O CST em Desenvolvimento de Software Multiplataforma apresenta as seguintes inovações que buscam alinhar o conteúdo oferecido ao que é demandado pelo mercado e às necessidades específicas do público atendido:  

  • trata-se de uma formação tecnológica voltada para o desenvolvimento, de software;  
  • conteúdo alinhado ao que é requerido pelo mercado, em especial em relação a novas tecnologias como IOT, Mobile, Inteligência Artificial, Nuvem, entre outros; 
  • metodologias ágeis e aprendizagem por projetos, com foco em resolução de problemas e desafios reais, de forma a aliar a prática e o desenvolvimento de habilidades socioemocionais, como comunicação, trabalho em equipe, autogestão e protagonismo do aluno; 
  • flexibilização do currículo, com parte das aulas oferecidas de forma remota, principalmente no último semestre, o que permitirá ao aluno deslocamento para outras localidades e uma inserção facilitada no mercado de trabalho; 
  • microcertificações e certificações intermediárias, que visam comunicar ao setor produtivo as habilidades adquiridas pelo estudante, aumentando suas chances de empregabilidade; valorizar a trajetória já percorrida pelo aluno; estimular o estudante a continuar os estudos e aprimorar a avaliação da própria instituição;   
  • construção de Portfólio Digital do aluno durante todos os semestres, sendo que os projetos do quarto, quinto e sexto semestre também serão utilizados para substituir o Trabalho de Graduação. O Portfólio Digital estimula o aprimoramento prático dos estudantes e é valorizado pelo mercado.   

OBJETIVO DO CURSO 

O Curso Superior Tecnológico em Desenvolvimento de Software Multiplataforma tem como objetivo formar profissionais capazes de desenvolver software para diversas plataformas, tais como Web, Desktop, Móvel, em Nuvem Internet das Coisas, empregando conceitos de Segurança da Informação e Inteligência Artificial. Assim como especializar profissionais para trabalhar com metodologias ágeis de gestão de projetos, versionamento, integração e entrega contínua de software, visando desenvolver soluções de software que atendam os critérios de qualidade exigidos pelo mercado. Além disso, pretende-se preparar os egressos para estabelecer relacionamentos produtivos; desenvolver a capacidade de comunicação, inclusive em língua estrangeira; utilizar raciocínio lógico; gerar soluções inovadoras; saber posicionar-se enquanto profissional e cidadão ético, com responsabilidade social e ambiental.   

PERFIL PROFISSIONAL DO EGRESSO DO CURSO 

O egresso do Curso Superior de Tecnologia em Desenvolvimento de Software Multiplataforma tem como perfil o profissional que projeta, desenvolve e testa software para múltiplas plataformas, aplicações em Nuvem e Internet das Coisas. Seleciona e aplica conceitos, métodos e tecnologias de Linguagens de Programação, Banco de Dados, Engenharia de Software, Segurança da Informação e Inteligência Artificial, propondo soluções tecnológicas. Realiza análise estatística de dados para apoiar a tomada de decisão. Coordena projetos e equipes de desenvolvimento de software.  

Áreas de Atuação 

O egresso do Curso Superior Tecnológico em Desenvolvimento de Software poderá atuar em grandes empresas, como especialista ou gestor; em empresas menores, com perfil de atuação mais generalista; por conta própria, no modelo autônomo, bem como empreender e criar sua própria empresa. Organizações não-governamentais. Órgãos públicos. Institutos e Centros de Pesquisa. 

No CST em Desenvolvimento de Software Multiplataforma para o desenvolvimento dos projetos interdisciplinares serão empregadas a Aprendizagem Baseada em Problemas/Projetos e a Aprendizagem Baseada em Desafios. Além disso, a gestão dos projetos será realizada por meio de Metodologias Ágeis de Projetos. Os referidos projetos subsidiarão o Portfólio Digital que o aluno construirá no decorrer do curso. Para auxiliar o desenvolvimento e avaliação dos projetos foram elaborados manuais e modelos que estarão à disposição dos docentes e discentes do curso. 

Diploma de Tecnólogo, Certificações Intermediárias e Microcertificações  

Ao final do CST em Desenvolvimento de Software Multiplataforma o egresso receberá o diploma de Tecnólogo em Desenvolvimento de Software Multiplataforma e no decorrer o curso obterá 6 Microcertificações e 3 Certificações Intermediárias 

 As Microcertificações são compostas por conjuntos de, no máximo, 3 disciplinas e as Certificações Intermediárias por conjuntos de 8 ou mais disciplinas.  

Cada Microcertificação garantirá uma medalha digital, conhecida no mercado como Badge, enquanto uma Certificação Intermediária garantirá um dos seguintes Certificados: Desenvolvedor Front-End, Desenvolvedor Back-End ou Desenvolvedor para Dispositivos Móveis. Desta forma, o aluno terá feedback de desempenho durante todo curso, obtendo medalhas digitais e certificados.  

As Microcertificações e as Certificações Intermediárias são organizadas da seguinte maneira: 

Período Tipo de certificação Nome da certificação Conjunto de Disciplinas 
1o semestre Microcertificação Front-End Básico Engenharia de Software I 
Design Digital 
Desenvolvimento Web I 
2o semestre Certificação Intermediária Desenvolvedor Front-EndModelagem de Banco de Dados 
Banco de Dados Relacional 
Algoritmo e Lógica de Programação 
Engenharia de Software II 
Desenvolvimento Web II
+ Microcertificação Front-End Básico 
3o semestre Microcertificação Design Patterns Básico  Técnica de Programação I 
Técnica de Programação II 
Estrutura de Dados 
4o semestre Certificação Intermediária Desenvolvedor Back-End   Banco de Dados não relacional 
Desenvolvimento web III 
Gestão Ágil de Projetos de Software
Sistemas Operacionais e Redes de Computadores 
Integração e Entrega Contínua 
+ Certificação Intermediária Desenvolvedor Front-End. 
5o semestre Microcertificação UX Básico  Interação Humano Computador 
Experiência do Usuário 
Certificação IntermediáriaDesenvolvedor para Dispositivos Móveis Banco de Dados Relacional 
Banco de Dados não relacional 
Internet das Coisas e Aplicações  
Programação para Dispositivos Móveis I 
Programação para Dispositivos Móveis I 
+Microcertificação Design Patterns Básico 
6o semestre     Microcertificação       DevOps Básico Integração e Entrega Contínua 
Segurança no Desenvolvimento de Aplicações 
Qualidade e Testes de Software  
Computação em Nuvem Básico Computação em Nuvem I 
Computação em Nuvem II 
Inteligência Artificial Básico Aprendizagem de Máquina  
Processamento de Linguagem Natural 

[1] https://brasscom.org.br/relatorio-setorial-de-tic-2019/[2] https://abstartups.com.br/crescimento-das-startups/

[2] https://abstartups.com.br/crescimento-das-startups/