Lançamento do CTS Big Data para Negócios

Curso será ofertado na Fatec Ipiranga “Pastor Enéas Tognini” no 1º semestre de 2021.

Justificativa

O avanço dos conhecimentos científicos e tecnológicos, a difusão e utilização das tecnologias de informação e comunicação (TIC), o grande volume de dados e informações, a crescente importância da inovação como fonte de competitividade, a globalização de mercado, a Internet das Coisas (IoT – Internet of Things) e a convergência de tecnologias são, entre outras, evidências das transformações estruturais que modificam a sociedade atual. Nesse cenário, amplia-se a necessidade e a possibilidade de formar cidadãos capazes de manter e contribuir para o avanço da Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e da Ciência de Dados, preparando-os para se situar no mundo contemporâneo e dele participar de forma proativa na sociedade e no mercado de trabalho.

Este fato justifica a importância do Tecnólogo em Big Data para Negócios, com formação conceitual e tecnológica, habilitando-os para:

  • suprir a demanda por profissionais com formação completa no gerenciamento e análise de grandes volumes de dados gerados pelo crescimento exponencial da Web, a Internet das Coisas (IoT – Internet of Things) e aplicações móveis.
  • suprir a necessidade do uso de novas técnicas e ferramentas tecnológicas para a transformação e análise dos dados para a tomada de decisões em todas as áreas, da educação à medicina, comércio e indústria.

O setor de Tecnologia da Informação (TI) é um dos setores que mais gera vagas no mercado de trabalho. Segundo estudo da Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro (Softex), em 2012 já havia um déficit de 50 mil profissionais no Brasil, número que deve superar a marca de 400 mil até o ano de 2022. Segundo dados da Associação Brasileira de Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), o mercado nacional emprega 1,3 milhão de trabalhadores atualmente. Já outro levantamento, realizado pela Kelly Services, uma das maiores empresas de soluções em RH no mundo, apontou que a oferta de vagas em TI na cidade de São Paulo cresceu três vezes mais do que todas as outras profissões e que a capital paulista concentra 30% de todas as vagas do país para esse setor. A IBM tem uma previsão de, até 2020, ter 70 mil vagas novas no setor. A expectativa da consultoria Frost & Sullivan para o mercado de Big Data na América Latina até 2023 é de US$ 8,5 bilhão.

Além disso, os profissionais de Big Data estão entre os cinco mais contratados no Brasil nos últimos 2 anos, e os salários podem chegar a R$ 30 mil[1].

A revista Pequenas Empresas e Grandes Negócios de julho de 2018 na reportagem “Estudo aponta 30 profissões que estão surgindo com a Indústria 4.0” apresenta que em uma das oito áreas sugeridas que é Tecnologia da Informação e da Comunicação uma das profissões é Especialista em Big Data.

Observa-se que o mercado de trabalho para o Tecnólogo em Big Data para Negócios é amplo e oferece diversas oportunidades. O egresso pode trabalhar em empresas de desenvolvimento de software, empresas de tecnologia, instituições de ensino e pesquisa, indústrias, prestadoras de serviços e consultorias, seja no setor público ou privado.

Outra consideração importante é que a maioria dos cursos de Big Data no Brasil são de Pós-Graduação (lato sensu) – por exemplo na cidade de São Paulo temos oferta da Universidade Mackenzie, Escola Politécnica da USP-PECE e das Faculdades Impacta – ou cursos especializados de curta duração, caracterizando-se mais como treinamento específico. Ainda existem poucos cursos de graduação no Brasil, e considerando-se a cidade de São Paulo, temos atualmente na modalidade presencial somente a Faculdade de Informática e Administração- FIAP com um curso de graduação tecnológica em Banco de Dados com algumas disciplinas de Ciência de Dados e Business Intelligence, outro da Pontifícia Universidade Católica – PUC de Ciência de dados e Inteligência Artificial. Na modalidade de Educação à Distância (EAD) temos a Universidade Metodista de São Paulo com um curso de Ciência dos dados e Big Data. Todos estes iniciaram recentemente a partir do 2º semestre de 2019.

Os principais diferenciais da nossa proposta em relação a estes cursos seriam:

  1. formação completa de graduação tecnológica envolvendo Ciência dos Dados, Tecnologia e Negócios;
  2. habilitação na área de Negócio atendendo às demandas reais do mercado. com possibilidade de aplicação para outras áreas como Educação, Saúde, Mercado Financeiro ou Indústria;
  3. sólida formação conceitual com a aplicação prática do conhecimento na solução de desafios e problemas de natureza tecnológica e empresarial presentes no mercado atualmente.

Acrescente-se a isto a localização estratégica da Fatec Ipiranga na região metropolitana de São Paulo, sendo de fácil acesso pelos munícipes do grande ABCD (Santo André, São Caetano, São Bernardo e Diadema) e também das regiões da Avenida Paulista e centro da cidade, contando para isso de diferentes modais de transporte público com destaque para duas estações de metrô próximas: Alto do Ipiranga (Linha Verde) e Sacomã (Linha Amarela), ampliando o público-alvo a ser beneficiado com o novo curso.

A Fatec Ipiranga já elaborou uma proposta de curso de pós-graduação (lato sensu), e como experiência, a Fatec Ipiranga ofereceu um curso de extensão em Big Data no 1º. Semestre de 2018 com 40 vagas, com mais 120 interessados somente com divulgação interna, ou seja, é uma área em crescente expansão com muitos interessados em formação e no mercado de trabalho. Com isso, o curso de Tecnologia em Big Data para Negócios pode ser um diferencial gerando visibilidade na cidade e região e por consequência no CPS, pois poderá capacitar alta demanda de profissionais na área, além de uma oportunidade para ex-alunos das FATECs concluírem uma segunda graduação em menor tempo.

Objetivos do Curso

Objetivo Geral

         O Curso Superior Tecnológico em Big Data para Negócios tem como objetivo formar profissionais capazes de realizar a gestão do Big Data, incluindo os sistemas analíticos, as tecnologias, os processos e metodologias necessários, propiciando assim a compreensão e a estruturação conceitual deste tipo de dado (Governança de Dados). Além de especializar profissionais para atuar no campo de Big Data e Business Intelligence, visando ao correto entendimento, à definição de uso, implementação, além de fornecer ferramentas e subsídios para a gestão das tecnologias e processos envolvidos.

Objetivos Específicos

O CST em Big Data para Negócios visa também desenvolver habilidades de resolver problemas complexos, meio das principais tecnologias que compõem o Conceito Big Data e gerenciar a infraestrutura de processamento para grandes volumes de dados. Além disso, utilizar técnicas para a análise de dados e administração de Bases de Dados para facilitar a tomada de decisões e solucionar problemas de negócios de forma a aumentar a competitividade das organizações, tornando-os capazes de intervir no desenvolvimento econômico e social, observadas as práticas da ética e cidadania.

Perfil Profissional do Egresso

O egresso do Curso Superior de Tecnologia em Big Data para Negócios tem como perfil o profissional que administra grandes volumes de dados, considerando a segurança, privacidade, velocidade, diversidade e valor desses dados. O profissional também pode atuar no planejamento, na coleta de dados e na execução do processamento de dados, além de avaliar as tecnologias para inteligência analítica, visando o apoio à tomada de decisão nas organizações. Vistoria, avalia e elabora parecer técnico em sua área de formação.

Competências a Serem Desenvolvidas

Competências Gerais

Conforme as diretrizes institucionais, como competências gerais do tecnólogo dos Cursos Superiores de Tecnologia do Centro Paula Souza pretendem-se desenvolver:

  • Empreender ações inovadoras, analisando criticamente a organização, antecipando e promovendo transformações.
  • Desenvolver a visão sistêmica, identificando soluções, respeitando aspectos culturais, éticos, ambientais e sociais no âmbito local, regional e internacional.
  • Elaborar, gerenciar e apoiar projetos identificando oportunidades e avaliando os riscos inerentes.
  • Administrar conflitos quando necessário, estabelecer relações e propor um ambiente colaborativo, incentivando o trabalho em equipe.
  • Elaborar sínteses, analisar e interpretar textos, habilidade para comunicação verbal tanto em português como em língua estrangeira.

Competências Profissionais

  • Aplicar métodos de gestão e qualidade de dados alinhados a gestão estratégica e tomada de decisão;
  • Utilizar adequadamente as técnicas de armazenamento e tratamento de dados estruturados e não-estruturados, visando qualidade, manutenção e segurança;
  • Empregar linguagens de programação e técnicas de mineração de dados para criação, visualização e apresentação de forma analítica dos dados, independentemente da plataforma (multiplataforma)
  • Utilizar linguagens de programação e frameworks de desenvolvimento para processamento e tratamento de dados em diferentes arquiteturas e plataformas operacionais
  • Propor mecanismos de visualização de dados por meio de gráficos e relatórios;
  • Avaliar projetos de sistemas computacionais quanto aos Objetivos, custos, recursos, escopo, riscos e prazos;
  • Identificar, especificar, modelar e desenhar os processos de negócios, alinhados às metas estratégicas da organização;
  • Aplicar os conceitos de redes de computadores para o processamento de dados massivos em diferentes arquiteturas e sistemas operacionais.
  • Gerenciar a Infraestrutura de armazenamento de dados em bases locais e remotas, bem como a infraestrutura técnica necessária para a criação e manutenção de bases de dados;
  • Desenvolver políticas de segurança e aplicar soluções para a segurança dos dados organizacionais;
  • Aplicar métodos matemáticos e modelagem estatística para análise e mineração de grandes volumes de dados.
  • Empregar conceitos de ontologia e da gestão do conhecimento, com o Objetivo da localização de informações com alto valor para a tomada de decisão;
  • Criar sistemas inteligentes por meio da aplicação de técnicas adequadas para Aprendizado de Máquina e Inteligência Artificial
  • Aplicar técnicas de Inteligência Artificial e Computação cognitiva para obtenção de conhecimento a partir dos dados corporativos
  • Modelar processos organizacionais e propor melhorias a fim de aumentar a competitividade das organizações;
  • Relacionar as tecnologias e a visão de negócios ao potencial estratégico das organizações, empregando soluções de Big Data.
  • Desenvolver comunicação interpessoal, compreensão e interpretação em situações que envolvam expressão de ideias, negociação, análise e elaboração de documentos, gráficos, diagramas e símbolo
  • Empregar conceitos de ontologia e da gestão do conhecimento, com o Objetivo da localização de informações -com alto valor para a tomada de decisão;
  • Desenvolver aplicativos e sistemas inteligentes empregando técnicas adequadas para Aprendizado de Máquina e Inteligência Artificial;
  • Desenvolver comunicação interpessoal, compreensão e interpretação em situações que envolvam expressão de ideias, negociação, análise e elaboração de documentos, gráficos, diagramas e símbolo.
  • Qualificar as habilidades linguísticas e competências comunicativas, desenvolvendo a compreensão escrita e auditiva e produção oral e escrita.
  • Entender a evolução do pensamento administrativo e organizacional.
  • Identificar e diferenciar as principais características que fundamentam a história do pensamento administrativo frente as escolas de administração e aos novos enfoques contemporâneos.
  • Realizar ações empreendedoras a partir de uma leitura no meio social, político, econômico e cultural.
  • Aplicar técnicas e processos organizacionais para incentivar e gerir a inovação tecnológica
  • Empregar os aspectos éticos e legais relacionados a utilização dos dados e informações das organizações;

[1] [https://extra.globo.com/noticias/educacao/profissoes-de-sucesso/profissionais-de-big-data-estao-entre-os-cinco-mais-contratados-no-brasil-22098050.html publicado em 23/nov/2017]