Conheça o Fórum de Metodologias Ativas

No meio educacional, neste cenário de pandemia em que vivemos há um ano, tem-se falado muito a respeito das metodologias ativas, dos recursos digitais e do ensino híbrido. Certamente, anteriormente a pandemia, esses temas eram pautas de conversas entre gestores e professores, mas atualmente observa-se maior interesse e dedicação desses atores para colocar tudo em prática. O cenário mudou, na verdade já havia mudado, mas não queríamos enxergá-lo. Talvez nos assustássemos com a grande gama de alternativas metodológicas e recursos digitais disponíveis sem termos nos familiarizados o suficiente para colocá-las em prática. Talvez, não estivéssemos preparados para deixar de sermos os protagonistas em sala de aula, e entendermos que esse papel é do aluno. Gestores educacionais, por sua vez, não sentiam aderência significativa dos professores para justificar mudanças tão profundas, relacionados ao espaço físico ou virtual, a estruturação de projetos político pedagógicos inovadores, do currículo, da certificação e da avaliação. As escolas apresentavam um ou outro docente inovando em sala de aula com a utilização das metodologias ativas, dos recursos digitais e na forma de avaliar, assim como, um ou outro curso inovando seu currículo, sem um projeto institucional. Claro que as possíveis mudanças eram e são ainda limitadas devido a legislação. Mas este cenário também está mudando. Temos observado o crescimento de projetos pedagógicos interessantes, flexíveis, ativos, com foco no desenvolvimento de competências e valores, como é o caso dos Cursos Superiores de Tecnologia Multiplataforma e Big Data, inovadores no Centro Paula Souza. Dessa forma, nada mais justo que ressaltar as ações daqueles que acreditaram, mesmo antes da pandemia, que a escola, assim como o ensino e a aprendizagem teriam que ser reestruturados. Por que deveriam e devem ser restruturados? Simplesmente porque o mundo mudou! Desde 2018 a Unidade do Ensino Superior de Graduação (Cesu) do Centro Paula Souza (CPS), vem oferecendo oportunidades de compartilhamento de experiências docentes com a utilização das metodologias ativas, por meio do Fórum de Metodologias Ativas, evento que ocorre anualmente. Segundo o renomado professor aposentado da USP, José Moran, uma das maneiras mais eficientes de aprender é por meio de histórias contadas (narrativas) e histórias em ação (vividas e compartilhadas).

O I Fórum de Metodologias Ativas teve como tema “Uma reflexão sobre a autonomia da Aprendizagem”. A temática abordada tinha por base discutir a importância sobre as mudanças ocorridas no cenário da educação, em virtude do uso das novas tecnologias de informação num mundo globalizado. O evento foi organizado de forma a possibilitar o debate e a reflexão sobre o tema, após a exposição de três palestrantes que posteriormente, responderam aos questionamentos dos participantes ouvintes. Já no período vespertino, tivemos o compartilhamento de experiências de docentes que utilizaram em seus componentes curriculares as metodologias ativas e/ou recursos digitais. Os relatos de experiência foram avaliados por Comissão Avaliadora e os doze relatos que apresentaram metodologias mais complexas e detalhamento aprofundado de sua implementação foram selecionados para comunicação oral, enquanto os demais foram expostos em banner. Todos os artigos podem ser encontrados no Livro de Metodologias Ativas, Volume 1, disponibilizados aqui.

Na segunda edição, o formato foi mantido, porém com atualizações e inovações. Os banners foram expostos digitalmente evitando-se custos aos docentes, enquanto os questionamentos aos palestrantes, ocorreram por meio de aplicativo. Dessa forma, as questões eram enviadas instantaneamente, selecionadas e transmitidas aos palestrantes que as respondiam prontamente. Essa segunda edição foi realizada em 2019 e abordou a temática “Os desafios da educação na era digital”. Os anais estão disponíveis no site da Cesu (https://cesu.cps.sp.gov.br/edicoes-anteriores/) para consulta! A primeira e segunda edições do evento ocorreram no Centro de Capacitação do CPS com quantidade limitada de participantes unicamente por conta da limitação do espaço físico. O I Fórum contou com pouco mais de 100 participantes entre ouvintes e relatos de experiência submetidos, sendo a maioria professores da própria instituição. Já o segundo, lotou o auditório verde do Centro de Capacitação com capacidade de 300 pessoas e tivemos a participação de professores de diversa instituições de ensino e de outros estado do país, enriquecendo ainda mais as experiências compartilhadas.

A terceira edição que seria realizada em 2020 foi adiada, devido à pandemia do Coronavírus, para 12 de maio de 2021 e será realizada virtualmente seguindo a mesma organização da primeira e segunda edições: período matutino com exposições de palestrantes convidados e, posteriormente, roda de conversa para debater o assunto. Período vespertino com as comunicações orais dos relatos submetidos e selecionados de acordo com a pontuação obtida. Dessa vez, o tema abordado será: “Aprendizado no século XXI – Integração escola e setor produtivo”.

A inscrição como ouvinte e/ou submissão de relatos é gratuita e estão abertas:

As inscrições serão encerradas em para submissão de relatos em 28/03/2021 e para participantes ouvintes em 11/05/2021.

Estamos nessa trajetória há três anos, fazendo nossa história e deixando nossa marca, a marca do que sabemos fazer de melhor: a diferença na vida de pessoas! Contamos com muitos docentes que prestaram e continuam prestando serviços de excelência ao compartilhar não apenas as práticas pedagógicas, mas a emoção, a motivação, o desejo de realizar, de promover um mundo melhor. Dessa maneira, a cada passo tornamo-nos melhores pessoas e melhores professores ao ensinar, aprender, compartilhar. Com certeza você tem muito a oferecer, então, participe, deixe sua marca no III Fórum de Metodologias Ativas virtual. O número de participantes é ilimitado até o dia 11/05/21. A comunidade acadêmica agradece!