Otimização do fluxo de expedição de diplomas dos Cursos Superiores de Tecnologia – CSTs

A Unidade de Ensino Superior de Graduação – Cesu vem atualizando seus processos, por meio da transformação digital, e tem investido fortemente na adoção de práticas de processos digitais em suas atividades internas. Recentemente, a Secretaria Geral de Diplomas publicou os dados gerais de um processo de otimização de seus fluxos, demonstrando redução significativa no tempo entre a montagem da documentação na Unidade de Ensino e a expedição do Diploma.

Diploma Digital 

O Diploma é o documento que legitima a conclusão do CST por parte do aluno, sendo de extrema importância ao concluinte. Nele constam as assinaturas da Diretora-Superintendente, do Coordenador Técnico da Cesu, do Secretário Geral e do Diretor da Fatec, o que na versão impressa gerava morosidade para a finalização de todo o processo.

A fim de reduzir o tempo para expedição desse documento fundamental nesta cadeia de formação, foi implantado, em agosto de 2018, o Diploma Digital. A implantação dessa modalidade otimizou a etapa das assinaturas, que passou a ser feita virtualmente sob a administração da Secretaria Geral de Diplomas da Cesu.

Registro do Diploma 

A etapa de Registro de Diploma é o momento em que a Secretaria Geral de Diplomas faz a conferência de toda a documentação comprobatória da conclusão do CST. Se o aluno concluinte e a Unidade de Ensino da Fatec cumprirem os ritos necessários para a emissão do diploma, dentro do processo digital, o registro é realizado em 4 dias, agilidade impressionante se comparado ao prazo de 6 meses que ocorria quando os processos eram físicos!

Para finalizar, com a implantação do SP Sem Papel todos os documentos passaram a serem “natos digitais”, e a tramitação é realizada de forma instantânea, o que confere maior segurança e confiabilidade ao processo.