Pesquisa de percepção sobre os PCIs: principais resultados

Em 05 de julho, a equipe dos Projetos Colaborativos Internacionais (PCIs/Cesu) encerrou a coleta de dados para uma pesquisa de percepção sobre os PCIs, aplicada junto a estudantes e professores participantes dos Intercâmbios Virtuais no primeiro semestre de 2021. Uma reportagem sobre a pesquisa será publicada no número 8 de VEm, newsletter dos PCIs, com lançamento na primeira semana de agosto. Em primeira mão, o site Cesu divulga os principais números.

  • 521 estudantes – 79% participando pela primeira vez de um PCI, 20% pela segunda
  • 32 professores orientadores dos projetos – 7 participaram pela primeira vez e 25 já são veteranos em PCIs
  • Todos os professores concordam que os PCIs possibilitam novas atividades acadêmicas
  • 20 professores consideram que a interação com seus alunos melhorou muito com os PCIs, 7 avaliam que melhorou um pouco
  • 31 professores avaliam a interação com o colega estrangeiro “ótima” ou “boa”, apenas 1 considera regular
  • 74% realizaram PCIs em inglês
  • 19% em espanhol
  • 7% em português – a equipe dos PCIs iniciou Intercâmbios Virtuais com o Instituto Politécnico de Viseu, Portugal, em fevereiro deste ano, conforme reportagem publicada em VEm 6: https://cesu.cps.sp.gov.br/wp-content/uploads/2021/04/VEm-numero-6_FINAL.pdf.

A análise preliminar dos dados revela que, de modo geral, a percepção melhorou ou se manteve em relação à pesquisa realizada em dezembro de 2020, com os participantes dos PCIs no segundo semestre daquele ano:

  • 91% dos alunos recomendariam aos colegas participar de um PCI – melhora substancial em relação à mesma pergunta no questionário aplicado para os participantes de PCIs no segundo semestre de 2020 (79%).
  • 91% dos estudantes consideram que participar de um PCI melhora o desempenho acadêmico e as chances de sucesso no mercado de trabalho (melhora significativa em relação a 2020, quando 66% concordaram com essa afirmação)
  • 91% dos discentes avaliam a interação com colegas brasileiros como “ótima” ou “boa” (86% em 2020)
  • 69% dos alunos acham a interação com colegas estrangeiros “ótima” ou “boa” (70% em 2020)

As cinco ferramentas digitais mais utilizadas nos PCIs, segundo os estudantes pesquisados, são WhatsApp (414 menções), E-mail (182), Zoom (172) e Teams (167). Para os professores, são E-mail (29), WhatsApp (25), Zoom (24), Google Drive (21) e Teams (17).

A edição 5 de VEm abordou os resultados da pesquisa no segundo semestre de 2020: Acesse esta edição: VEm número 5

Caso queira conhecer mais sobre os PCIs, entre em contato com a equipe pelo cesu.pci@fatec.sp.gov.br.

O que são os PCIs

Os Projetos Colaborativos Internacionais (PCIs) da Cesu (Unidade de Ensino Superior de Graduação do Centro Paula Souza) são também chamados de Intercâmbios Virtuais (Virtual Exchange), COIL (Collaborative Online International Learning), EDGE (Experiential Digital Global Experience), GLE (Global Learning Experience) ou módulos híbridos. Nas Fatecs do Centro Paula Souza, utiliza-se a nomenclatura PCI. Tendo como base a educação global para a cidadania e a Internacionalização em Casa, os PCIs possibilitam que alunos das Fatecs e seus parceiros internacionais elaborem atividades alinhadas com determinadas disciplinas, enquanto desenvolvem suas habilidades digitais, linguísticas, interculturais e de trabalho em equipe.