Série de Podcast: O Futuro se Equilibra #006 – Aprendizagem Inacessível

Por Redação | Porvir

O sexto episódio de O Futuro se equilibra conversou com Claudia Werneck, fundadora da Escola de Gente, sobre a importância da acessibilidade na educação e como ela está relacionada com a equidade.

Garantir que todas as alunas e todos os alunos entendam, se comuniquem e tenham o máximo aprendizado possível nas aulas deve ser uma preocupação de todas as escolas. Na verdade, de todas as pessoas que são preocupadas com a educação.

Infelizmente nem sempre é assim. Muitas vezes o caminho para a equidade é dificultado pela falta de acessibilidade, seja ela física, comunicacional ou de outra ordem. O sexto episódio de O Futuro se Equilibra traz uma reflexão sobre o que é necessário para que a acessibilidade deixe de ser vista apenas como um acessório. Claudia Werneck, fundadora da Escola de Gente e convidada desta edição, defende que a inclusão é o marco zero da equidade e, sem acessibilidade, não é possível alcançá-la.

A Bianca Dias Tagliacozzo, que tem síndrome de Down, conta um pouco sobre sua trajetória escolar e como foi chegar até o ensino superior.
Atualização: A Bianca Dias Tagliacozzo iniciou os estudos aos três anos, quando foi alfabetizada, e não aos seis. 

O Futuro se Equilibra é uma produção do Porvir com apoio do Instituto Unibanco.

Apresentação: Tatiana Klix
Produção: Gabriela Cunha e Larissa Werneck
Edição e captação de som: Gabriel Reis
Roteiro: Ruam Oliveira e Tatiana Klix
Concepção: Ruam Oliveira, Tatiana Klix e Vinícius de Oliveira
Apoio estratégico: Vinícius de Oliveira e José Jacinto Amaral
Música:  Unicorn Heads, Asher Fulero, Steve Adams, Dan Henig, Cheel, Godmode e Reed Mathis.

Clique aqui para acessar a transcrissão do podcast
Fonte: https://porvir.org/o-futuro-se-equilibra-006-aprendizagem-inacessivel/

* Os textos, vídeos e áudios publicados são de inteira responsabilidade dos autores e não refletem, necessariamente, a opinião da Cesu. *